Última hora

Última hora

À espera do nascer do sol em Stonehenge

Em leitura:

À espera do nascer do sol em Stonehenge

Tamanho do texto Aa Aa

Uma festa megalítica.

As núvens e a chuva não impediram milhares de pessoas de assistir ao nascer do sol no monumento de Stonehenge em Inglaterra.

Um ritual repetido todos os anos para celebrar a noite mais curta do ano, o solstício de verão.

Uma vez mais os tambores anunciaram o nascer do novo dia sob o olhar atento de dezenas de “neo”-druidas.

“É incrível ver toda esta gente com boa disposição sob o vento e a chuva a celebrar a mudança de estação. O sol nasceu e mesmo que não o tenhamos visto, o ambiente é o mesmo e é fantástico que as pessoas continuem a vir aqui para cumprir este ritual”.

Uma madrugada mergulhada uma vez mais no mistério sobre as origens do monumento.

Templo, cemitério ou sítio astronómico, os cientistas mantém-se divididos, mas para os milhares de adoradores do solstício, Stonehenge continua a ser o melhor local para acolher o início do Verão e do Inverno.