Última hora

Última hora

Executivo grego não quer comprometer permanência na Zona Euro

Em leitura:

Executivo grego não quer comprometer permanência na Zona Euro

Tamanho do texto Aa Aa

O novo governo grego promete renegociar os termos do programa de ajuda mas sem pôr em causa a permanência do país na Zona Euro.

Para tirar a Grécia da crise, o Primeiro-Ministro grego avisou que vai cortar, em 30 por cento, os salários dos ministros e pediu-lhes que usem, o menos possível as viaturas de serviço.

À saída da primeira reunião ministerial Antonis Samaras afirmou que é preciso um trabalho conjunto para se atingirem os objetivos, mostrar empenho, implementar os projetos prometidos e, ao mesmo tempo, tentar ajudar as pessoas que estão a passar por um mau período.

Um dia depois de prestar juramente o Primeiro-ministro definiu as principais metas do Governo mas tem pela frente a dura tarefa de aliviar as tensões sociais sem criar outras tensões com a União Europeia e FMI.