Última hora

Última hora

Rajoy satisfeito com auditoria à banca espanhola

Em leitura:

Rajoy satisfeito com auditoria à banca espanhola

Tamanho do texto Aa Aa

O resultado das auditorias independentes para um resgate à banca espanhola revela um número menor do que o valor máximo esperado. O eurogrupo tinha mobilizado cem mil milhões de euros mas o valor mais elevado calculado pelos gabinetes Oliver Wyman, dos Estados Unidos, e Roland Berger, da Alemanha, ronda os 62 mil milhões de euros.

O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, reagiu desta forma a partir do Brasil:

“É um passo decisivo na boa direção porque faz um diagnóstico certeiro e credível, estabelece as necessidades de capital em margens razoáveis e garante que a assistência financeira colocada à disposição de Espanha pelos nossos parceiros europeus é mais do que suficiente para sanear solidamente as nossas instituições financeiras.”

Mas o otimismo de Mariano Rajoy não é partilhado pelos mercados. Esta quinta-feira os juros da dívida pública espanhola com maturidade a cinco anos ultrapassaram a barreira dos seis por cento pela primeira vez desde a criação do euro. É que os operadores não acreditam que o Estado espanhol não precise também de ser resgatado.