Última hora

Última hora

Sonho da Grécia dura seis minutos

Em leitura:

Sonho da Grécia dura seis minutos

Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha está nas meias-finais do Euro 2012 depois de uma vitória convincente por 4-2 frente à Grécia. Um resultado que traduz a superioridade alemã, que ainda assim foi obrigada a arregaçar as mangas para garantir o triunfo.

Com Mario Gómez no banco, o primeiro tempo ficou marcado sobretudo pela ineficácia do ataque germânico, que podia ter construído um resultado histórico.

Quando a intranquilidade se começava a apoderar dos alemães, Philipp Lahm subiu no terreno e abriu o ativo com um disparo de fora da área. Estavam decorridos 39 minutos de jogo, até ao intervalo o marcador não conheceria mais alterações.

Após o descanso, os gregos continuaram a dar a iniciativa de jogo à Alemanha, mas começaram a espreitar o contra-ataque. Foi dessa forma que Salpingidis fugiu pela direita e cruzou para Samaras. No coração da área, o atacante grego não perdoou e restabeleceu a igualdade.

Os gregos ousaram sonhar mas o sonho apenas durou seis minutos. Sami Khedira, soltou de marcação na área, aproveitou um cruzamento de Boateng na direita para fuzilar Sifakis.

Um golo que quebrou os gregos. Estava encontrado o vencedor, faltava apenas saber por quanto. Sem surpresa, Klose e Reus encontraram a eficácia que faltou no primeiro tempo o colocaram o marcador em 4-1.

Salpingidis ainda marcou novamente para a Grécia, na marcação de uma grande penalidade, mas era demasiado tarde.

A Alemanha segue para as meias-finais e aguarda agora pelo vencedor do Inglaterra-Itália.