Última hora

Última hora

Morsi é o novo presidente do Egito

Em leitura:

Morsi é o novo presidente do Egito

Tamanho do texto Aa Aa

Mohamed Morsi foi proclamado vencedor das presidenciais no Egito. O candidato da Irmandade Muçulmana torna-se no primeiro chefe de Estado eleito desde a queda de Hosni Mubarak em Fevereiro de 2011.

Na praça Tahrir do Cairo, onde os apoiantes de Morsi reclamavam há vários dias o anúncio da vitória, o ambiente foi de festa, depois da declaração oficial da Comissão Eleitoral.

O presidente da comissão, Farouk Sultan, só anunciou os resultados depois de um longo discurso, durante o qual fez questão de afastar todas as acusações de alegada fraude de que o processo foi vítima.

Sultan indicou que Morsi obteve mais de 13 milhões de votos, conquistando 51,73 por cento dos boletins recenseados.

O engenheiro de 60 anos torna-se no primeiro islamita a dirigir o país mais populoso do mundo árabe.

O Conselho Supremo das Forças Armadas, que conduz os destinos do país desde a queda de Mubarak, já felicitou o presidente eleito. O Exército, que dissolveu este mês o Parlamento controlado pelos islamitas, prometeu devolveu o poder executivo ao novo chefe de Estado até ao dia 30.