Última hora

Última hora

Espanha oficializa pedido de resgate à zona euro

Em leitura:

Espanha oficializa pedido de resgate à zona euro

Tamanho do texto Aa Aa

A Espanha oficializou esta manhã o pedido de resgate para o setor bancário, duramente afetado pela “explosão” da chamada “bolha imobiliária”.

O ministro da economia, Luis de Guindos, enviou uma carta ao presidente da zona euro Jean Claude Juncker onde não precisa, no entanto, o montante e condições do empréstimo europeu.

Os detalhes deverão ser discutidos antes da cimeira da zona euro de 9 de julho, mas os resultados dos primeiros testes de resistência calculam as necessidades de recapitalização dos bancos em até 60 mil milhões de euros.

O montante da ajuda, financiada diretamente pelos fundos de resgate europeus, poderá ascender a 100 mil milhões de euros.

Madrid pretende negociar as melhores condições para o empréstimo, nomeadamente um reembolso em quinze anos com uma taxa de juro a rondar os 4%.

A Espanha torna-se assim o quarto país a beneficiar de um empréstimo europeu, embora limitado apenas ao setor bancário. O governo espanhol tinha assegurado nas últimas semanas que os “homens de negro” da troika não deverão passar por Madrid.