Última hora

Última hora

Espanha pede ajuda europeia para recapitalizar banca

Em leitura:

Espanha pede ajuda europeia para recapitalizar banca

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de semanas de expetativa, a Espanha oficializou, esta manhã, o pedido de resgate da banca nacional.

Numa carta enviada ao presidente da zona euro, o ministro da Economia espanhol solicitou um empréstimo de Bruxelas para recapitalizar o debilitado setor bancário, sem avançar números.

Segundo os resultados dos primeiros testes de resistência, a banca espanhola necessitará de até 62 mil milhões de euros. Bruxelas poderá disponibilizar uma linha de crédito de até 100 mil milhões de euros.

Depois de ter rejeitado falar da palavra resgate, Mariano Rajoy voltou hoje a afirmar, durante uma conferência de empresários em Madrid, que o que está em jogo é antes de mais o futuro da zona euro.

“A moeda única tem de ser irreversível e no próximo conselho europeu temos que encontrar uma forma de atingir gradualmente a integração económica. Precisamos de delinear um calendário com fases e critérios concretos neste processo que funcionará como uma mensagem política forte para restabelecer a confiança na estabilidade do euro”.

As condições e o montante do empréstimo europeu a Espanha só deverão ser conhecidas durante a próxima cimeira da zona euro, a nove de julho.

Madrid aspira a um empréstimo a quinze anos com taxas de juro a rondar os 4%, financiado diretamente pelos fundos de resgate europeu, uma opção que continua a ser rejeitada pela Alemanha.