Última hora

Última hora

Euro 2012: A Ucrânia parece o Brasil em festa

Em leitura:

Euro 2012: A Ucrânia parece o Brasil em festa

Tamanho do texto Aa Aa

O Euro 2012 não é apenas a luta pela bola no relvado e os golos, é também uma verdadeira festa para os adeptos. Com música e dança. Parece o carnaval no Rio de Janeiro tantas são as cores a balançarem ao ritmo, curiosamente, de músicas brasileiras.

Em Kiev, capital da Ucrânia, foi montada uma “fan zone” especial na Praça da Independência. É o principal ponto de encontro para os adeptos que não conseguiram lugar no estádio. Foi lá que suecos e ucranianos se misturaram e festejaram em conjunto a partida inaugural de ambas as seleções no Europeu.

Nem a derrota acalmou o ânimo nórdico. A festa continuou e houve até, entre os suecos, quem tivesse de pagar uma aposta feita com o próprio primeiro-ministro ucraniano. E pagou-a mesmo… uns dias depois.

Os holandeses também não se deixaram abater pela derrota diante da Dinamarca no primeiro jogo e levaram a festa para as ruas de Lviv, a cidade ucraniana onde defrontaram a Alemanha.

Até os jornalistas em trabalho “sofreram” com a animação laranja. A maior parte dos adeptos que se deslocaram à Ucrânia foram surpreendidos pela hospitalidade. Tinham sido alertados para um país com uma realidade em que não poderiam confiar. Mas, no fim, todos parecem satisfeitos com o que descobriram por eles próprios.

Depois da fase de grupos, algumas seleções terão de voltar para casa. Com elas vão os respetivos adeptos. Mas os ucranianos já nem conseguem imaginar o país sem este carnaval futebolístico, que parece querer rivalizar com o sambódromo do Rio de Janeiro.

Por enquanto, porém, a cerveja continua a escorrer nas torneiras sem parar e nas ruas ucranianas ouvem-se canções em quase todas os idiomas. O Euro 2012 ainda está longe do fim.