Última hora

Última hora

Espanha tenta reconquistar confiança dos parceiros na cimeira da UE

Em leitura:

Espanha tenta reconquistar confiança dos parceiros na cimeira da UE

Tamanho do texto Aa Aa

A Espanha fez formalmente um pedido de ajuda para resgatar os bancos, mas antes da reunião do Eurogrupo, a 9 de julho, não serão conhecidas as condições europeias para que o país receba uma injeção de crédito, a forma como o governo espanhol descreve a operação.

Em relação ao próximo Conselho Europeu, o que até agora eram recomendações de Bruxelas passarão a ser exigências. Isto é, um aumento do IVA e talvez um adiamento da idade da reforma, ou mesmo reduções nos salários.

Mais sacrifícios, apesar dos últimos dois anos terem sido feitas reformas e cortes dramáticos num país com seis milhões de desempregados.

Embora a prioridade atual seja remendar o buraco deixado pela bolha imobiliária nos bancos espanhóis, já começou a especulação sobre a necessidade de um plano de resgate para a economia espanhola como um todo, caso não se verifiquem reais avanços políticos nesta cimeira.

Todas estas questões foram alvo da análise de Daniel Gros, diretor do Centro de Estudos de Política Europeia, em Bruxelas.