Última hora

Última hora

EUA: Supremo Tribunal invalidou parcialmente a lei anti-imigração do estado do Arizona

Em leitura:

EUA: Supremo Tribunal invalidou parcialmente a lei anti-imigração do estado do Arizona

Tamanho do texto Aa Aa

O Supremo Tribunal dos Estados Unidos invalidou partes substanciais da lei anti-imigração do estado do Arizona.

Esta decisão do Supremo é vista como uma meia vitória para Barack Obama, cuja administração decidiu combater a lei em tribunal alegando que o governo federal tem autoridade exclusiva em matéria de imigração.

Outra das leituras dos analistas é que Obama poderá beneficiar, em novembro, do importante apoio da comunidade hispânica, quando defrontar Mitt Romney na corrida para a Casa Branca.

Contudo, apesar de partes da lei aprovada pelo estado do Arizona, há dois anos ,terem agora sido invalidadas, a parte mais polémica continua em vigor. Ou seja, a polícia local pode exigir a verificação de documentos de residência legal no país sempre que mande parar ou interrogue alguém que suspeite ser um imigrante ilegal.

Jan Brewer, a governadora do Arizona, referiu, por várias vezes, que a lei era justificada porque o governo federal não fazia o trabalho que lhe competia em matéria de imigração.