Última hora

Última hora

Conselho da Europa debate situação dos jovens

Em leitura:

Conselho da Europa debate situação dos jovens

Tamanho do texto Aa Aa

A Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa reuniu-se esta semana para a sessão de verão.
Esta terça-feira esteve em destaque a situação dos jovens europeus, nomeadamente no que respeita ao mercado de trabalho.

Devido à crise económica e financeira, o desemprego na faixa etária entre os 15 e os 24 anos passou de 15 por cento em 2008 para os atuais 22 por cento.

Os jovens gregos e espanhóis são os mais afetados, com cifras que ultrapassam os 50 por cento, enquanto os alemães se quedam por uma taxa inferior a oito por cento.

A atual situação vivida pelos jovens europeus levou a que muitos deles baixassem os braços por falta de perspetivas para o futuro.

“Milhões de jovens europeus decidiram interromper os estudos e deixaram de procurar emprego, abandonando-se a uma espécie de limbo.
São milhões de pessoas que perdemos completamente para a geração do futuro, para o futuro e o desenvolvimento da Europa. Por isso temos de intervir”, afirmou o parlamentar italiano Luca Volontè.

Entre outras abordagens, o texto apresentado pelo deputado europeu Luca Volontè preconiza vantagens fiscais para jovens empresários e para empregadores que formem aprendizes, um ensino mais consentâneo com as necessidades e uma melhor representatividade dos jovens na vida pública.