Última hora

Em leitura:

Caso Barclays pode custar milhões de euros à banca


behind-markets

Caso Barclays pode custar milhões de euros à banca

O caso Barclays teve reflexos imediatos em toda a banca europeia. Em Londres, as ações do banco britânico cairam 15,53%, as maiores perdas desde 2009, a maior queda da bolsa de Londres. O Barclays tentou resolver o caso, que o envolve em alegadas manipulações das taxas interbancárias.

Mas em troca, além de pagar uma multa de 362 milhões de euros, concordou em revelar os nomes e detalhes de outros bancos emvolvidos. Mais de 20 instituições estão a ser investigadas por práticas anti-concorrenciais nos Estados Unidos, Europa e Ásia.

Entre eles, os bancos alemães Commerzbank e Deutsche Bank, que também estiveram em queda esta quinta-feira no Dax, bem como o suíço UBS e o francês Société Générale.

Os analistas dizem que o precedente aberto pelo Barclays pode custar milhares de milhões de euros ao sector bancário.

Os bancos britânicos em causa estiveram particularmente debaixo de fogo esta quinta-feira: o governo de David Cameron está a ponderar apresentar queixa crime contra os responsáveis. Mas para muitos analistas, a responsabilidade é estrutural: pedem uma separação estrita entre a banca de retalho e banca de investimento.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

behind-markets

Qatar exige mais pela Xstrata