Última hora

Última hora

Itália relança restauro do palácio de Nero

Em leitura:

Itália relança restauro do palácio de Nero

Tamanho do texto Aa Aa

O património histórico não tem preço, mas em tempos de crise é difícil garantir o financiamento de grandes projetos. A Itália relançou o programa para restaurar o palácio imperial de Nero, construído depois do grande incêndio que devastou Roma em 64 d.C. O projeto poderá custar até 60 milhões de euros.

Os vestígios da chamada “Domus Aurea” estão a vinte metros abaixo do solo. A prioridade é a consolidação dos frescos, em perigo devido à infiltração de água.

A “Domus Aurea” teria quinze mil metros quadrados e 150 salas, algumas com abóbadas de 15 metros. Dimensões à imagem do imperador Nero, que deixou um legado de déspota, assassino da mãe, perseguidor dos cristãos e responsável pelo incêndio de Roma que matou milhares de pessoas durante nove dias. Reza a lenda que enquanto a cidade ardia, Nero estava a tocar lira.

Uma parte do palácio poderá ser aberto ao público nos próximos dois anos.