Última hora

Última hora

Síria: Fluxo de refugiados duplicou desde março

Em leitura:

Síria: Fluxo de refugiados duplicou desde março

Tamanho do texto Aa Aa

O número de sírios que buscam refúgio nos países vizinhos não para de aumentar. De acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os refugiados o fluxo duplicou desde o mês de março e o número total ultrapassa os 96 mil. Os civis apanhados entre dois fogos fogem muitas vezes apenas com a roupa que têm no corpo.

“Começámos a ouvir tiros e bombas a explodir por isso corremos o mais rápido possível. Tinha muito medo pelas crianças” – explica uma refugiada síria que se encontra num campo no Vale de Beca, no Líbano.

A Turquia é o país que acolhe mais refugiados: 33 mil. O Líbano e a Jordânia receberam até à data mais de 27 mil sírios, enquanto o Iraque o número é bastante menor, pouco mais de 6 mil.

Face à tragédia humana, as agências humanitárias tentam aliviar o mais possível a vida dos refugiados, como explica a porta-voz do Programa Alimentar Mundial, Laure Chadroui: “O PAM está a utilizar um sistema de senhas aqui no Líbano na assistência aos refugiados sírios. Este é um sistema inovador que ajuda a economia local.”

Geralmente as agências humanitárias distribuem rações de comida seca ou em conserva. No Líbano, as senhas permitem aos refugiados fazerem compras nos mercados locais e adquirirem produtos como legumes, leite fresco e ovos.