Última hora

Última hora

Eficácia de Balotelli perante uma defesa demasiado permissiva

Em leitura:

Eficácia de Balotelli perante uma defesa demasiado permissiva

Tamanho do texto Aa Aa

Dois golos de Mario Balotelli colocaram a Itália na final do Euro 2012, o ponta-de-lança destacou-se pela sua eficácia, contrariamente ao que havia acontecido nos jogos da fase de grupos.

No primeiro golo Antonio Cassano aproveitou um erro infantil de Mats Hummels, que deu o lado de dentro ao criativo. Cassano aproveitou a oferta para entrar na área sem dificuldades e cruzar com conta peso e medida para a cabeça do seu companheiro no ataque da squadra azzurra.

O segundo golo nasceu na sequência de um pontapé de canto da Alemanha, com Buffon a sacudir para os pés de Montolivo. O médio lançou Balotelli em profundidade e este aproveitou uma dupla falha de Philipp Lahm. O capitão alemão colocou o atacante em jogo e falhou a interceção. Ainda se lançou na perseguição mas era demasiado tarde, Balotelli voltou a fuzilar Neuer.

Os germânicos ainda fizeram o tento de honra, aproveitando uma mão de Balzaretti na área. Mesut Özil não desperdiçou da marca de grande penalidade.