Última hora

Um engenheiro encarregue de reconstruir o Egito

Em leitura:

Um engenheiro encarregue de reconstruir o Egito

Tamanho do texto Aa Aa

Depois da cerimónia de investidura, os egípcios esperam que o engenheiro de 60 anos ponha mãos à obra. As expectativas são elevadas, mas antes é necessário que os militares cedam o poder ao recém-eleito chefe de Estado, tal como prometido.

“Aguardamos por medidas políticas que tornem a investidura uma realidade. Uma equipa presidencial, um primeiro-ministro independente, um governo de coligação que são necessários para que isso aconteça” afirma Sami Farag.

“Em relação à política externa, o presidente recorreu a um discurso forte com uma mensagem de paz. Uma oferta de paz proposta ao mundo” refere Awad Al-Dawy.

Mohamed Morsi já fez saber que pretende reatar os laços com o Irão cortados há mais de três décadas depois da assinatura do acordo de paz com Israel.

A nível interno, o desemprego, a inflação e a pobreza generalizada são os maiores obstáculo à estabilidade.