Última hora

Última hora

Arranque da campanha presidencial na Venezuela

Em leitura:

Arranque da campanha presidencial na Venezuela

Tamanho do texto Aa Aa

Começou a campanha presidencial na Venezuela. As eleições estão marcadas para o dia 7 de outubro e Hugo Chávez permanece o favorito à sua própria sucessão, apesar da luta que trava contra um cancro há um ano.

No arranque da campanha, Chávez quis mostrar que está a recuperar da doença e passou horas num comício na cidade de Maracay: “Quero dizer à burguesia venezuelana, que nos odeia tanto e que apresentou o seu candidato: nós vamos pulverizar-vos no dia 7 de outubro.”

Desta vez a oposição uniu-se em torno de um candidato para tentar pôr cobro a treze anos de governo chavista. Henrique Capriles, de 39 anos, é um político de centro-esquerda que apresenta no currículo o cargo de governador do estado de Miranda: “Hoje começa uma campanha, mas eu acredito que se trata mais do que um início de campanha. Trata-se do início da decisão que vai ser tomada no dia 7 de outubro para o futuro da Venezuela e de todos os venezuelanos.”

Capriles iniciou a campanha em Santa Elena, junto à fronteira brasileira. As sondagens apontam para a vitória de Chávez mas registam um grande número de indecisos. E os desiludidos do chavismo também são cada vez mais.