Última hora

Última hora

Del Bosque: "o jogo correu-nos de feição"

Em leitura:

Del Bosque: "o jogo correu-nos de feição"

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de manterem o título de campeões da Europa, os jogadores espanhóis esperam agora repetir o feito no mundial de 2014 no Brasil.

A seleção encarnada regressou ao hotel em Kiev esta noite com uma sensação de dever cumprido, depois de terem explorado as falhas do adversário.

Para o selecionador espanhol, Vicente del Bosque:

“Temos de reconhecer que o jogo correu-nos de feição, logo desde o início do desafio. A seleção italiana, mesmo com 10 jogadores, multiplicou os esforços para atingir a nossa grande área, criando muitos espaços abertos no campo. Também é verdade que um dia de descanso a menos para os italianos pode ser visto como uma circunstância atenuante”.

Já para o jogador, Cesc Fabregas, o segredo da vitória está antes de mais no espírito de equipa e juventude da seleção espanhola:

“A verdade é que a situação é incrível, não há palavras para exprimir o que sentimos e oxalá continuemos nesta dinâmica pois somos uma seleção muito jovem”.

Uma posição defendida também pelo jogado Xavi Hernández:

“Pedem-nos para ganhar em todos os jogos o que não deixa de ser um desafio bonito. Dantes, quando ninguém acreditava em nós, era mais complicado. Agora desfrutamos a situação e estamos contentes com a geração que temos e há que aproveitá-la ao máximo”.