Última hora

Última hora

Funcionários do TPI libertados na Líbia

Em leitura:

Funcionários do TPI libertados na Líbia

Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente do TPI encontra-se na Líbia, onde as autoridades ibertaram hoje quatro funcionários da instituição detidos no seguimento de uma visita ao filho do antigo Presidente Muammar Kadhafi.

Os funcionários, incluindo a advogada australiana Melinda Taylor, foram detidos em Zintan, a sudoeste de Tripoli a 7 de junho, depois de viajarem para o país com o objetivo de ajudarem a preparar a defesa de Seif al-Islam Kadhafi.

O TPI quer julgar Seif al-Islam, de 39 anos, por crimes contra a humanidade alegadamente cometidos no ano passado, quando o regime do seu pai tentou em vão dominar a revolta popular no país, mas Tripoli insiste que o filho de Kadhafi deve ser julgado num tribunal líbio e no início de maio interpôs uma moção a questionar a jurisdição do tribunal de Haia.