Fechar
Login
Por favor, introduza os seus dados de login

Skip to main content

|

A taxa Libor é calculada fazendo a média do custo de refinanciamento de vários bancos e é usada um pouco por todo o mundo como referência para todo o tipo de créditos, às empresas e aos particulares.

O que o Barclays fez foi declarar um juro mais baixo do que aquele que pagava, numa tentativa de fazer as contas parecerem mais saudáveis do que eram na realidade.

A taxa Libor a três meses está agora sensivelmente ao mesmo nível que há um ano, depois de ter atingido um pico em janeiro nos 1.09%.

“Essa média influencia diretamente as taxas de juro pagas todos os dias por centenas de milhões de pessoas nos créditos imobiliários, ou pelas empresas, ou pelos empréstimos a estudantes, ou ainda pelos seguros. É algo que afeta uma gama muito variada de transações financeiras, não só no Reino Unido, como em todo o mundo”, explica o analista Tony Greenham.

Durante muitos anos, a taxa Libor foi praticamente semelhante à taxa de juro de referência do Banco de Inglaterra, mas os valores começaram a disparar em 2008, com a crise que levou à falência do Lehman Brothers.

Nesta tentativa de manipular a Libor, o Barclays é o banco no centro das atenções, mas há outros bancos envolvidos, como o Royal Bank of Scotland e o Lloyds.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre
|