Última hora

Em leitura:

López Obrador ameaça impugnar presidenciais mexicanas


México

López Obrador ameaça impugnar presidenciais mexicanas

No México, o candidato presidencial da esquerda ameaça impugnar as eleições de domingo. Andrés Manuel López Obrador conseguiu 31,64 por cento dos votos, segundo os resultados preliminares. O candidato não admitiu a derrota e está à espera da contagem oficial: “Não posso aceitar nenhum resultado sem ter a certeza absoluta que os votos dos cidadãos foram respeitados e que a eleição não foi fraudulenta. Vamos pedir as atas e recolher todos os testemunhos sobre irregularidades para agir legalmente.”

Os resultados oficiais só serão conhecidos depois das autoridades eleitorais coligirem as atas das assembleias de voto. Os candidatos poderão em seguida exigir uma recontagem.

Enrique Peña Nieto está seguro da vitória que traz o Partido Revolucionário Institucional de regresso ao poder depois de 12 anos na oposição. Os resultados preliminares dão-lhe 38,14 por cento dos votos: “As autoridades eleitorais estão a tratar de confirmar os resultados preliminares anunciados ontem. Os quais demonstram claramente que a maioria dos cidadãos nosso país escolheu a opção que represento.”

Há seis anos López Obrador perdeu as eleições por meio ponto percentual e convocou manifestações de protesto durante três meses. Desta vez os estudantes foram os primeiros a contestar a eleição de Peña Nieto.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

As medalhas olímpicas entre as jóias da coroa