Última hora

Última hora

Washington pede ao Paquistão reabertura de fronteiras para camiões da NATO

Em leitura:

Washington pede ao Paquistão reabertura de fronteiras para camiões da NATO

Tamanho do texto Aa Aa

O Paquistão vai reabrir as linhas de abastecimento para o Afeganistão, após os Estados Unidos terem emitido um pedido de desculpas, embora tardio pela morte de 24 soldados paquistaneses num ataque aéreo NATO.

A Secretária de Estado americana, Hillary Clinton, expressou condolências pelas mortes numa conversa por telefone com o ministro de Relações Exteriores paquistanês Hina Rabbani Khar.

O incidente prejudicou bastante as relações entre os dois países e forçou os EUA e seus aliados a mandar suprimentos por outras rotas, mais demoradas e caras.

As desculpas eram exigidas pelo Paquistão enquanto as rotas de abastecimento ficaram fechadas por sete meses.

O pedido aconteceu ao mesmo tempo em que líderes civis e militares reuniram-se em Islamabad para discutir se reabririam ou não a fronteira com o Afeganistão para a Otan.

O primeiro-ministro paquistanês, Raja Pervaiz Ashraf, afirmou, antes do início da reunião, que o bloqueio prejudica a relação do país com os EUA e os outros membros da coalizão.