Última hora

Última hora

Ucrânia: parlamento adota russo como segunda língua oficial

Em leitura:

Ucrânia: parlamento adota russo como segunda língua oficial

Tamanho do texto Aa Aa

O parlamento ucraniano voltou a ser palco de escaramuças, esta noite, depois dos deputados da maioria terem adotado o russo como segunda língua do país.

Os representantes da oposição tentaram, por todos os meios, cancelar o voto, precipitado, sem aviso prévio, pelos deputados do partido das regiões do presidente Yanukovitch.

A adoção da nova lei linguística, em segunda leitura, deverá entrar em vigor depois de ser promulgada pelo chefe de estado, que fez da medida uma das principais promessas de campanha.

Desde a adoção da nova legislação em primeira leitura, no dia 5 de junho, que a medida volta a reabrir o fosso entre o oeste e o leste pró-russo do país.

A lei prevê o reconhecimento da língua russa como idioma regional nas zonas do leste do país, ao nível de serviços públicos e estabelecimentos de ensino.

Para os detratores da lei, a medida é vista como uma afronta à soberania do país e uma forma de manter a Ucrânia na esfera de influência de Moscovo.

Um grupo de deputados da oposição iniciou esta noite uma greve de fome para exigir a abolição da nova lei.