Última hora

Última hora

Ex-assistente pessoal de baixista dos U2 condenada

Em leitura:

Ex-assistente pessoal de baixista dos U2 condenada

Tamanho do texto Aa Aa

A ex-assistente pessoal de Adam Clayton, o baixista do grupo irlandês U2, foi condenada a sete anos de cadeia.

Carol Hawkins foi considerada culpada pelo roubo de mais de 2,5 milhões de euros das contas bancárias do conhecido músico.

Hawkins começou a trabalhar como empregada numa das mansões de Clayton em 1992, enquanto o então marido desempenhava tarefas de motorista e cozinheiro. Juntos auferiam cerca de 50 mil euros anuais.