Última hora

Última hora

Kremlin aperta controlo às Organizações Não Governamentais 

Em leitura:

Kremlin aperta controlo às Organizações Não Governamentais 

Tamanho do texto Aa Aa

Com 323 votos a favor, apenas quatro contra, a Câmara baixa do Parlamento russo aprovou na generalidade um polémico projeto-lei que promete um controlo apertado sobre as Organizações Não Governamentais que beneficiem de financiamento estrangeiro e que exerçam atividade política.
 
As vozes da oposição russa apressaram-se a denunciar uma tentativa de sufocar os protestos contra Vladimir Putin, mas há quem esteja de acordo.
 
“Agora as ONG’s têm de prestar contas. Nem sempre esteve claro como se gastou o dinheiro. Ninguém coloca restrições à entrada de dinheiro. Agora eles têm de explicar os gastos”, diz o ultranacionalista Vladimir Zhirinovsky, do Partido Liberal-Democrático. 
 
Ainda que se oponha ao Kremlin, também o Partido Comunista, que rejeita qualquer “ingerência Ocidental”, apoiou o projeto-lei.
 
O texto foi apresentado há uma semana pelo partido de Putin, no poder, e descreve as ONG’s como “agentes do estrangeiro”, movidas por interesses de potências estrangeiras.
 
A ser levada à risca, a lei considera a própria Igreja Ortodoxa, que recebe apoio de comunidades externas, um destes “agentes”.