Última hora

Última hora

Afeganistão torna-se grande aliado dos Estados Unidos

Em leitura:

Afeganistão torna-se grande aliado dos Estados Unidos

Tamanho do texto Aa Aa

O Afeganistão vai tornar-se aliado priveligiado dos Estados Unidos, não membro da NATO.

O estatuto foi definido pelo presidente Barack Obama e anunciado este sábado por Hillary Clinton, em conferência conjunta com Hamid Karzai.

A secretária de Estado norte-americana disse que esta é uma relação que vai beneficiar o Afeganistão e tranquilizou as autoridades do país:

“Os Estados Unidos vão ser vossos amigos e parceiros, não imaginamos abandonar o Afeganistão, é mesmo o oposto: estamos a construir uma parceria com o Afeganistão, que vai cimentar-se no futuro”.

O estatuto faz parte do acordo de parceria estratégica entre os dois países e é semelhante ao estabelecido com outros estados como Israel, o Japão, a Austrália ou o Egito.

Os Estados Unidos têm ainda no Afeganistão 87 mil soldados. A missão da ISAF deverá concluir-se em finais de 2014. Este domingo, a conferência de cooperação civil internacional vai determinar a ajuda financeira a Cabul após a retirada das tropas estrangeiras.