Última hora

Última hora

Jibril apela a uma grande coligação na Líbia

Em leitura:

Jibril apela a uma grande coligação na Líbia

Tamanho do texto Aa Aa

O resultado das eleições legislativas na Líbia deve ser conhecido ainda hoje, numa altura em que o antigo primeiro-ministro Mahmud Jibril apela à formação de uma grande coligação de governo.

Será o primeiro governo saído de eleições livres, depois de 42 anos de ditadura de Muammar Kadhafi.

Jibril lidera uma coligação de cerca de 60 partidos, a União das Forças Nacionais, que se opôs, nas eleições, a vários grupos islâmicos, incluindo a ala líbia da Irmandade Muçulmana, o movimento que domina a vida política no Egito.

A ONU elogia a maneira como decorreram estas eleições históricas para o país: “O prazo de publicação dos resultados não deve ser fonte de nenhuma suspeita e tenho a certeza que não vai ser. Uma das grandes qualidades destas eleições é o facto de não ter havido acusações de irregularidades. Há sempre erros, como em qualquer primeira eleição, mas não irregularidades”, disse Ian Martin, representante das Nações Unidas na Líbia.

Martin deixou, no entanto, um aviso. Diz que a euforia das eleições não deve fazer o povo líbio esquecer-se do grande desafio que tem pela frente: o de reconstruir um país. Um desafio que vai implicar formar novas forças de segurança, que devem incluir antigos rebeldes e também antigos soldados que lutaram do lado de Kadhafi.