Última hora

Última hora

Tour de França: Wiggins mais perto de Paris

Em leitura:

Tour de França: Wiggins mais perto de Paris

Tamanho do texto Aa Aa

Bradley Wiggins deu um grande passo rumo à vitória do Tour de França. Na etapa de contra relógio que liga Arc-et-Senans a Besançon, o ciclista britânico fez o melhor o melhor tempo do dia e aumentou a distância para os restantes candidatos.

Quarenta e um quilómetros e meio sob o domínio do camisola amarela. Depois das duas etapas de montanha, o ciclista da Sky confirma-se também no contrarrelógio.

Wiggins colocou-se na frente da contagem logo nos primeiros metros e a vitória do inglês na etapa nunca esteve em causa. Em causa ficaram as possibilidades da vitória final de Cadel Evans no Tour. O australiano, atual detentor do título, não foi além de um decepcionante sexto lugar e apesar de manter o segundo lugar da geral perdeu quase dois minutos para o líder.

Prova surpreendente do fiel companheiro de Wiggins neste Tour. O outro britânico da Sky, Christopher Froome, concluiu o contrarrelógio apenas a 35 segundos de distância do líder. Froome, que se tem revelado o homem chave da Sky, subiu para terceiro na classificação geral.

O português Rui Costa terminou na décima quarta posição, mas subiu mais um lugar na classificação geral e está apenas a 12 segundos do décimo classificado. O outro português em prova, Sérgio Paulinho, mantém a quinquagésima sétima posição.