Última hora

Última hora

Tribunal de Estrasburgo manda libertar ex-ETA Inés del Río

Em leitura:

Tribunal de Estrasburgo manda libertar ex-ETA Inés del Río

Tamanho do texto Aa Aa

A antiga militante da ETA Inés del Río deve poder sair da prisão mais cedo do que esperava, assim decidiu o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos.

Condenada a 30 anos de prisão em 1989, Inés del Río beneficiou de reduções de pena e deveria ter saído em 2008, mas as novas regras, introduzidas em 2006, adiaram para 2017 a data de saída.

É culpada de ter participado num atentado que matou 12 jovens cadetes da Guardia Civil em Madrid, em 1986.

Depois da decisão do tribunal, sediado em Estrasburgo, o caso vai passar por vários recursos até haver uma decisão definitiva da justiça espanhola.