Última hora

Última hora

Putin recusa baixar o preço do gás à Ucrânia

Em leitura:

Putin recusa baixar o preço do gás à Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente russo recusou baixar o preço do gás à Ucrânia.

Vladimir Putin encontrou-se, esta quinta-feira, com o presidente ucraniano, Viktor Yanukocich, em Kiev.

Na primeira visita oficial à antiga república soviética, Putin deitou por terra as esperanças de Yanukovich, de resolver o litígio energético que se arrasta desde 2009.

A Ucrânia depende do gás russo e reclama que o acordo estabelecido com Moscovo pela antiga primeira-ministra, Yulia Tymoshenko, é lesivo para o país e afirma que paga um preço “exorbitante” pelo combustível.

A Rússia já fez saber que apenas procede a um desconto no preço se a Ucrânia permitir que o gigante da energia russo, a Gazprom, assuma a gestão dos gasodutos que passam pelo país e que levam o gás russo para a Europa.

Caso a Ucrânia não aceite e exigência, Moscovo coloca outra opção, para rever o contrato: Kiev tem de aderir a uma União Aduaneira liderada pela Rússia.