Última hora

Última hora

Tour de França: Rolland héroi da 11ª etapa

Em leitura:

Tour de França: Rolland héroi da 11ª etapa

Tamanho do texto Aa Aa

Etapa curta, mas dura. Os 148 quilómetros que ligam Albertville a La Toussuire ficaram marcadas por várias emoções. Muito por responsabilidade deste ciclista. O francês Pierre Rolland dominou a etapa e nem mesmo uma queda na descida conseguiu parar Rolland. O ciclista da Europar curtou a meta sozinho, deixando para trás 26 corredores que fizeram parte da fuga que começou nos quilómetros iniciais.

Já no final da etapa, Braddley Wiggins teve de soar e muito para não perder a camisola amarela para o colega de equipa Christopher Froome. O companheiro fiel de Wiggins neste Tour dá ideia de estar bem mais fresco do que o capitão da Sky, quando se tratam de montanhas.

A medalha de prata do dia vai para outro francês, Thibaut Pinot, o mais jovem corredor do Tour, voltou a estar em destaque. Seguiram-se Froome, Wiggins e Nibali. O italiano não se rende e por mais que tentem, os rivais da Sky, nada conseguem fazer para se livrarem dele.

O grande perdedor do dia foi Cadel Evans que ficou na décima primeira posição. O australiano, vencedor da edição anterior do Tour, não conseguiu seguir o passo do grupo da frente e está agora em quarto lugar da geral, a três minutos e 19 segundos de Wiggins. As possibilidades de Evans chegar a Paris vestido de amarelo são quase inexistentes.

Na classificação geral, Wiggins conserva os dois minutos de distância sobre Froome e Nibali.

O português Rui Costa foi 32º e caiu para a 19º posição geral. Sérgio Paulinho também caiu na classificação e está na 72ª posição.