Última hora

Última hora

Pela Integração da comunidade cigana

Em leitura:

Pela Integração da comunidade cigana

Tamanho do texto Aa Aa

“Porque continua a aumentar, na Europa, o racismo contra os ciganos?”

Jeroen Schokkenbroek, representante especial do Secretariado-geral do Conselho da Europa para as questões relacionadas com os ciganos

“O que é importante, no preconceito e discriminação, é que a maioria da população vê os ciganos como diferentes. Mas não são apenas eles porque sentimos o mesmo em relação a outras minorias em sociedade. Vemos, em diferentes países, por exemplo, lésbicas e homossexuais a serem discriminados mas, em relação aos ciganos há um estigma especial em todos os Estados membros.

Há, naturalmente, um papel importante em relação à lei, as leis contra a discriminação e as leis que o Conselho da Europa redigiu, são o princípio dos direitos Humanos, são muito importantes. Mas falamos da atitude das pessoas, de mudar atitudes, é preciso mais do que a lei, é necessária uma forte coragem política.

É também um passado histórico da Europa ainda difícil de digerir. Vimos os nazis perseguirem os ciganos na Europa.

Vimos isso na maioria dos países, depois da Segunda Grande Guerra não houve qualquer reconhecimento do holocausto levado a cabo contra os ciganos. É por isso que a Comissão dos Direitos Humanos do Conselho da Europa pediu que se criassem comissões nacionais de reconciliação e verdade para pôr fim a este passado.

Duas coisas que gostava de mencionar: desde 2010 estamos a formar mediadores ciganos. Pessoas que trabalham a nível local para promover uma comunicação maior e o diálogo entre as comunidades marginalizadas e as instituições públicas.

Neste momento estamos a trabalhar em conjunto com os governos para melhoras as suas políticas, para as tornar mais eficazes. A integração dos ciganos não é uma questão simples de resolver para os governos e temos que apoiá-los.

Se quiser colocar uma questão a U talk, click no link.