Última hora

Última hora

FMI baixa previsões de crescimento da economia mundial

Em leitura:

FMI baixa previsões de crescimento da economia mundial

Tamanho do texto Aa Aa

A fragilidade da retoma da economia mundial e a crescente instabilidade financeira levam o Fundo Monetário Internacional (FMI) a rever em baixa as previsões de crescimento para 2013.

A organização mantém a estimativa nos 3,5% para este ano. Mas para o próximo, o crescimento deverá ficar pelos 3,9%, contra 4,1% previstos em abril.

E nem os países emergentes escapam. Brasil e Índia sofrem os maiores cortes. Já a China deverá desacelerar, devido sobretudo a uma eventual queda do investimento.

No caso dos Estados Unidos, o FMI diz que caminham para o “precipício orçamental”. A ausência de um acordo para a redução do défice americano é uma ameaça para a economia global, tal como o prolongar da crise na zona euro.

Para os países da moeda única, a organização prevê agora um crescimento de 0,7% para o próximo ano e uma contração de 0,3 este ano.

O Banco Central Europeu é convidado a ajudar diretamente dos bancos. Aos líderes europeus o FMI deixa uma mensagem: “Resolver a crise deve ser a prioridade”.