Última hora

Última hora

Moscovo acusa Ocidente de chantagem

Em leitura:

Moscovo acusa Ocidente de chantagem

Tamanho do texto Aa Aa

Damasco em estado de guerra, definição que o Comité Internacional da Cruz Vermelha aplica a outras regiões da Síria. A organização confirmou que o conflito se estende também a Hama, Idlib e Homs, bastiões da oposição o contra o regime de Assad.

A decisão da Cruz Vermelha é um marco na revolta síria uma vez que dá novo estatuto ao conflito. Além do aparato de proteção a civis, ela fixa igualmente condições para futuros processos jurídicos por crimes de guerra.

Apesar de tudo a posição de Moscovo não se alterou.
O ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Serguei Lavrov, acusou o Ocidente de fazer chantagem e que não faz sentido que a Rússia tente convencer Assad a abandonar o poder.

Os observadores da ONU regressaram à vila de Tremse para continuar a investigar as denúncias de massacre em que terão morrido entre 200 e 300 pessoas, há uma semana.

Sausan Ghosheh, porta-voz da missão, afirmou que “numerosos tipos de armas foram utilizadas no ataque, e que um grande número de vítimas foi “executado sumariamente”.

O Governo sírio contrapõe que o que se passou em Tremseh foi uma operação militar contra combatentes e rebeldes que se tinham refugiado na zona e nega a existência de mortes entre os civis.