Última hora

Última hora

Bruxelas investiga violação da Microsoft relativa a browser da Internet

Em leitura:

Bruxelas investiga violação da Microsoft relativa a browser da Internet

Tamanho do texto Aa Aa

A Microsoft já pediu desculpas pelo alegado erro técnico que impediu os compradores do sistema operativo windows 7 de escolherem qual o browser de Internet que desejam utilizar. Apesar da promessa de corrigir o problema, detetado em Fevereiro de 2011, Bruxelas vai investigar se houve práticas anti-concorrência.

“Abrimos um procedimento formal contra a empresa. Se depois da nossa investigação se confirmar que houve uma infração – e a Microsoft parece já ter admitido esse facto – tal poderá ter consequências graves. Escusado será dizer que levamos muito a sério o cumprimento das nossas decisões por parte das empresas”, anunciou o comissário europeu da Concorrência, Joaquín Almunia.

Se o gigante informático norte-americano for considerado culpado, poderá sofrer uma multa, como já aconteceu no passado. Há menos de um mês, um tribunal confirmou que a Microsoft tem de pagar à Comissão Europeia 860 milhões de euros referentes a um processo de 2004.