Última hora

Última hora

Nigéria: governo despeja dezenas de milhares de bairro da lata em Lagos

Em leitura:

Nigéria: governo despeja dezenas de milhares de bairro da lata em Lagos

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades nigerianas começaram esta terça-feira a demolir um dos maiores bairros da lata da capital, Lagos.

O governo tinha dado apenas 72 horas às dezenas de milhares de habitantes de Makoko para abandonarem as casas palafíticas, construídas sobre a lagoa da capital, afirmando que representavam um risco ambiental para a cidade.

Um habitante afirma que “ninguém sabe o que é que o governo pretende fazer desta área. As autoridades não deram qualquer explicação aos habitantes. Tratam-nos como se não fossem pessoas”.

O governo não propôs qualquer alternativa aos milhares de desalojados que viviam nas construções clandestinas.

Desde há vários anos que a câmara de Lagos tentava evitar a expansão do bairro sobre a lagoa, face à penúria de alojamentos numa das cidades mais povoadas do mundo, com mais de 15 milhões de habitantes.

A Amnistia Internacional tinha condenado no início do mês o estado do sul de Rivers pelo despejo, sem aviso, de 20 mil residentes de um bairro da lata à beira-mar em Port Harcourt.

Segundo algumas fontes, as autoridades de Lagos lançaram uma grande empreitada para reabilitar várias zonas da cidade, com o objetivo de poderem acolher cerca de 40 milhões de pessoas num futuro próximo.