Última hora

Última hora

Espanha: Protestos em todo o país e confrontos em Madrid e Barcelona

Em leitura:

Espanha: Protestos em todo o país e confrontos em Madrid e Barcelona

Tamanho do texto Aa Aa

Esta quinta-feira verificaram-se em mais de 80 cidades espanholas grandes protestos contra as medidas do Executivo de Mariano Rajoy. Os manifestantes classificaram os cortes salariais e os aumentos de impostos como “roubo”.

Estas foram as mais recentes e maiores ações de protesto de uma série que se tem prolongado, quase diariamente, ao longo do mês.

“Quando começou a crise baixaram-nos o salário. Entendemos que tínhamos de fazer um esforço e não protestámos. Mas parece que é sempre contra nós, e que somos nós os responsáveis por toda a situação atual. Como não nos parece justo, protestamos”, disse em Madrid uma funcionária das finanças.

“Os políticos deviam pensar um pouco nos seus salários, prémios e viagens. As grandes fortunas também deviam ser prejudicadas, não devia ser só os funcionários públicos, que trabalham muito, têm direitos restritos e raramente são aumentados”,
reclamou um manifestante em Barcelona.

Apesar do resgate europeu à banca espanhola, subsistem as preocupações com a capacidade de endividamento do país que se confronta com uma taxa de desemprego de 24 por cento.

As maiores manifestações registaram-se em Madrid e Barcelona onde ao início da noite se verificaram confrontos com a polícia.