Última hora

Última hora

Israel enterra vítimas do atentado ao autocarro búlgaro  

Em leitura:

Israel enterra vítimas do atentado ao autocarro búlgaro  

Tamanho do texto Aa Aa

Já repousam em Terra Santa, os corpos das vítimas mortais do atentado, de quarta-feira, ao autocarro búlgaro. A família e os amigos de Itzik Kolengi choravam, esta sexta-feira, a morte do jovem 28 anos, um dos cinco turistas israelitas falecidos no atentado, que vitimou igualmente o condutor do autocarro, no aeroporto búlgaro de Burgas.
 
O atentado suicida foi imputado por Israel ao Irão e ao movimento xiita libanês, Hezbollah. Ambos desmentem qualquer implicação.
 
As autoridades búlgaras estão a investigar o caso, com a ajuda do FBI, da CIA, da Interpol e dos serviços secretos israelitas.
 
Para já, e graças ao apelo a testemunhas e à divulgação das imagens das câmaras de vigilância do aeroporto, dois motoristas de taxi e um funcionário de uma empresa de aluguer de carros manifestaram-se. Os homens terão estado em contacto com o suspeito kamikaze, que apresentava, aparentemente, uma falsa carta de condução norte-americana.