Última hora

Última hora

Israel enterra vítimas do atentado ao autocarro búlgaro  

Em leitura:

Israel enterra vítimas do atentado ao autocarro búlgaro  

Israel enterra vítimas do atentado ao autocarro búlgaro  
Tamanho do texto Aa Aa

Já repousam em Terra Santa, os corpos das vítimas mortais do atentado, de quarta-feira, ao autocarro búlgaro. A família e os amigos de Itzik Kolengi choravam, esta sexta-feira, a morte do jovem 28 anos, um dos cinco turistas israelitas falecidos no atentado, que vitimou igualmente o condutor do autocarro, no aeroporto búlgaro de Burgas.
 
O atentado suicida foi imputado por Israel ao Irão e ao movimento xiita libanês, Hezbollah. Ambos desmentem qualquer implicação.
 
As autoridades búlgaras estão a investigar o caso, com a ajuda do FBI, da CIA, da Interpol e dos serviços secretos israelitas.
 
Para já, e graças ao apelo a testemunhas e à divulgação das imagens das câmaras de vigilância do aeroporto, dois motoristas de taxi e um funcionário de uma empresa de aluguer de carros manifestaram-se. Os homens terão estado em contacto com o suspeito kamikaze, que apresentava, aparentemente, uma falsa carta de condução norte-americana.