Última hora

Última hora

Êxodo na Síria: 100 mil refugiados no estrangeiro

Em leitura:

Êxodo na Síria: 100 mil refugiados no estrangeiro

Tamanho do texto Aa Aa

A guerra na Síria está a provocar um verdadeiro êxodo. Milhares de sírios estão a abandonar o país, em direção aos países vizinhos. Só nas últimas 48 horas, cerca de 15 mil pessoas atravessaram a fronteira de Masnaa, rumo ao Líbano, vindas, sobretudo, de Damasco.

De malas feitas, ou apenas com a roupa do corpo, os sírios fogem da guerra. Líbano, mas também Jordânia, Turquia e até Iraque têm acolhido milhares de sírios.

A classe média dirige-se sobretudo ao Líbano – onde, segundo a associação libanesa de hotelaria, aluga quartos de hotel de três ou quatro estrelas, enquanto os mais pobres acorrem à Jordânia, onde passam por campos de refugiados.

Segundo o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR), cerca de 35 mil sírios vivem, atualmente, na Jordânia. Na Turquia, refugiam-se cerca de 37 mil, ainda segundo o ACNUR.

Os rebeldes sírios controlam agora certos postos fronteiriços entre os dois países. Um refugiado explica: “O novo posto fronteiriço de Bab al-Hawa está sob controlo dos rebeldes e o antigo é controlado pelo exército sírio.”

Ao todo, mais de 100 mil pessoas abandonaram a Síria, para se refugiarem nos países vizinhos. Isto, desde o início da revolta, em março de 2011. Uma revolta que já vez mais de 17 mil vítimas mortais.