Skip to main content

|

Os Estados Unidos estão de luto após o massacre de Aurora, no Colorado. O presidente Barack Obama afirmou estar chocado e triste pela tragédia ocorrida durante a ante estreia do último filme da série Batman em que um atirador matou 12 espetadores e feriu 59.

Quando agentes da polícia e do FBI tentaram entrar onde o atirador vive, depararam com uma situação muito complicada porque o apartamento estava armadilhado com explosivos muito sofisticados.

“Vêm-se muitos fios de armadilhas, frascos com munições, frascos cheios de líquidos e algumas coisas parecem-se munições de morteiro. É um desafio muito grande entrar ali com segurança”, disse o chefe da polícia local.

O atirador foi detido e identificado como sendo James Holmes de 24 anos. Não tinha registo na polícia exceto por um excesso de velocidade em outubro.

“Nos últimos 60 dias comprou quatro armas em armeiros locais e através da internet adquiriu mais de seis mil munições”, referiu o mesmo agente.

Em Nova Iorque, por medida de precaução e para melhorar a sensação de segurança dos espetadores, a polícia reforçou a vigilância nas salas que exibem o filme.

Após a tragédia, a estreia em Paris do novo filme do Batman foi cancelada.

Durante a tarde de sexta-feira foi retirada a carpete vermelha da porta de uma sala destinada à exibição do filme, nos Campos Elísios, em pleno centro da capital francesa.

Do mesmo espaço também foi retirada uma enorme máscara de Batman que adornava a fachada do edifício.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre
|

Login
Por favor, introduza os seus dados de login