Última hora

Última hora

Afastado do festival de Bayreuth por uma tatuagem nazi

Em leitura:

Afastado do festival de Bayreuth por uma tatuagem nazi

Tamanho do texto Aa Aa

O barítono russo Evgueni Nikitine foi impedido de participar no mais prestigioso festival de música clássica na Alemanha.

Em causa está uma antiga tatuagem, representando uma cruz suástica, dos tempos em que Nikitine atuava num grupo de heavy metal.

Um símbolo que, mesmo coberto por uma nova tatuagem, ressuscitou velhos fantasmas no festival de Bayreuth, frequentado no passado pelo próprio Adolf Hitler.

O porta-voz da organização do festival justifica as razões da decisão:

“Se o cantor tivesse evocado o tema, talvez pudessemos ter resolvido esta situação de outra forma, mas o cantor preferiu o silêncio, uma atitude pouco honesta que aumentou a nossa desilusão”.

A quatro dias do evento dedicado ao compositor Richard Wagner, conhecido pelo seu anti-semitismo, o festival perde assim o seu cabeça de cartaz.

Nikitine, que devia ser o protagonista da nova produção, “O navio fantasma”, pediu desculpas pelo sucedido.