Última hora

Última hora

Cheias na China provocam cerca de 100 mortos

Em leitura:

Cheias na China provocam cerca de 100 mortos

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de uma centena de pessoas morreram na China, vítimas das fortes chuvas e das cheias. Outras 45 continuam desaparecidas, de acordo com os últimos dados das autoridades chinesas.
No norte do país, na cidade de Baoding, este domingo, os deslizamentos de terras destruiram a única ponte que dava acesso a um resort turístico, deixando mais de 70 pessoas isoladas. As equipas de salvamento conseguiram resgatar todos os turistas.
Mas as cheias afetam sobretudo os locais, que perderam tudo na torrente. E nesta altura falta água, comida e abrigos.

Só na região de Pequim, as chuvas mais fortes dos últimos 60 anos já causaram a morte de cerca de 40 pessoas e deixaram milhares desalojadas.

As ruas ficaram totalmente alagadas dificultando os trabalhos de resgate.

As chuvas torrenciais atingiram a região da capital chinesa no sábado à tarde e prolongaram-se durante todo o fim-de-semana.
As autoridades chinesas temem que o mau tempo continuem nos próximos dias, provocando ainda mais mortes.