Última hora

Última hora

Noruegueses unidos assinalam massacres

Em leitura:

Noruegueses unidos assinalam massacres

Tamanho do texto Aa Aa

Um ano depois dos ataques terroristas na Noruega o primeiro-ministro, Jens Stoltenberg, afirmou durante as cerimónias, para assinalar os massacre em Oslo e na ilha de Utoya, que Anders Behring Breivik, “falhou” na sua tentativa de mudar a sociedade norueguesa.

Também este domingo reuniram-se em Utoya os familiares e amigos dos jovens sobreviventes. Dezenas de pessoas desembarcaram na ilha, a cerca de 40 quilómetros de Oslo, depositando aí flores e pedras, numa homenagem partilhada apenas por aqueles que perderam ente queridos.

Foram perto de 50 mil pessoas, entre estas o primeiro-ministro norueguês e membros da família real, estiveram presentes, apesar da chuva num concerto a que Bruce Springsteen se associou.