Última hora

Última hora

Governo francês aposta no ecológico para salvar setor automóvel

Em leitura:

Governo francês aposta no ecológico para salvar setor automóvel

Tamanho do texto Aa Aa

O Governo francês apresentou um plano de apoio ao setor automóvel que tem como foco principal os veículos ecológicos.

O executivo de Paris considera fundamental re “reinventar a indústria automóvel em França” e quer tornar as viaturas chamadas limpas acessíveis “ a todos.
Para isso, em 2013 vão ser dados apoios no valor de 490 milhões de euros.

Este plano foi anunciado no mesmo dia em foram divulgados os resultados da PSA Peugeot-Citroën: 819 milhões de euros de prejuízos no primeiro semestre do ano.

O presidente do grupo francês, Philippe Varin, agradeceu esta ajuda e garantiu que todos os apoios à inovação e aos veículos com baixas emissões de CO2 são bem-vindos e podem aumentar a competitividade em França.

Já os trabalhadores da PSA Peugeot-Citroën não acreditam que este plano do governo lhes traga benefícios uma vez que o grupo continua a prevêr cortar com 8 mil postos de trabalho.

“Se o objetivo é esvaziar ainda mais os cofres do Estado, que já não têm nada, utilizando os nossos impostos para dar subsídios públicos suplementares aos patrões do setor automóvel, sem qualquer garantia de que os postos de trabalho não vão ser extintos…isso é escandaloso, indecente”, sublinhou Jean-Pierre Mercier, do Sindicato dos Trabalhadores da PSA de Aulnay-sous-Bois.

Por isso, os operários da PSA saíram às ruas de Paris em protesto contra os cortes anunciados e contra o plano de apoio do governo.
Grande parte vinha da fábrica em Aulnay-sous-Bois uma das que deve mesmo fechar, deixando 3 mil pessoas no desemprego, entre as quais 300 portugueses.