Última hora

Última hora

Ocidente não deverá obter aquilo que quer do Irão

Em leitura:

Ocidente não deverá obter aquilo que quer do Irão

Tamanho do texto Aa Aa

Istambul acolhe representantes do Irão e do chamado grupo P5+1 (Estados Unidos, Rússia, China, Reino Unido, França e Alemanha) na tentativa de encontrar uma solução para o impasse sobre o programa nuclear iraniano.

É mais uma ronda de negociações numa altura em que a tensão aumenta na região devido à guerra civil na Síria.

Para mais esta tentativa os analistas são pessimistas e afirmam que para além da pressão e do calendário imposto a Teerão o Ocidente não deverá obter nada do que pretende diz este comentador.

Perante a falta de transparência das autoridades iranianas em relação ao dossiê o país sofre uma série de sanções internacionais, que afetam a economia, o comércio, as operações financeiras e bancárias, além de material bélico.

As autoridades do Irã mantém que o programa tem fins pacíficos e será mantido apesar das restrições impostas pela comunidade internacional.

Em junho, durante reunião em Moscovo, os representantes do Irão e do P5+1 decidiram manter os esforços em busca de uma solução negociada mas a pressão, essa não abranda.