Última hora

Última hora

Erdogan diz que presidente síria prepara-se para abandonar poder

Em leitura:

Erdogan diz que presidente síria prepara-se para abandonar poder

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente sírio Bashar Al-Assad está a preparar-se para sair de cena.

Quem o diz é o primeiro-ministro turco, três dias depois de afirmar que a revolta popular na Síria está “mais perto do que nunca da vitória”.

Numa conferência de imprensa em Ancara, Recep Tayyip Erdogan disse que “Assad e os seus próximos estão prestes a abandonar o poder. A Síria prepara-se para abrir um novo capítulo”.

Erdogan admitiu ainda a possibilidade de ações armadas contra organizações terroristas no norte da Síria, numa alusão aos separatistas curdos.

Já o chefe da diplomacia russa, aliada de Damasco, classificou a posição dos Estados Unidos em relação à oposição síria como uma “justificação do terrorismo”, acusando Washington de não ter condenado o ataque do dia 18 contra a cúpula do regime sírio. Serguei Lavrov defendeu que Moscovo “fez propostas para parar a violência, mas os outros não pensam da mesma forma e para eles trata-se da capitulação do regime ou do apoio material à oposição armada”.

O secretário-geral das Nações Unidas denunciou esta quinta-feira um “massacre” na Síria e criticou a comunidade internacional que, segundo Ban Ki-Moon, “deveria estar unida” para proteger a população civil.