Última hora

Última hora

Grécia anuncia novos cortes mas saída da zona euro parece iminente

Em leitura:

Grécia anuncia novos cortes mas saída da zona euro parece iminente

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 12 mil milhões de euros. É quanto o governo grego quer poupar até 2014. O plano de contenção vai ser hoje apresentado aos líderes da coligação para ser aprovado e mais tarde ao presidente da Comissão Europeia de visita a Atenas pela primeira vez em três anos.

Para respeitar os compromissos internacionais, o executivo vai eliminar mais postos de trabalho na função pública e reduzir salários e pensões.

“Recebemos o boletim de salário este mês, mas não sabemos se vai chegar no próximo.
Há cortes todos os dias e não sabemos porquê. Há uma falta de visão e ninguém sabe quando é que podemos começar a recuperar desta situação e voltar a ter o que tínhamos” afirma Yannis Hatzisalatas, funcionário público.

Nas ruas a pressão aumenta a cada dia que passa.

As previsões do Governo apontam para uma recessão económica de 7% este ano e prometem fazer aumentar o peso da dívida.

A Troika regressou, entretanto, à Grécia para avaliar a aplicação do programa de austeridade considera que Atenas tem de fazer mais. O relatório ainda não foi tornado público, mas há informações de que terão sido detetadas novas derrapagens. O que a confirmar-se, obrigaria, a um novo perdão da dívida ou à saída da zona euro.