Última hora

Última hora

Síria: batalha decisiva em Aleppo

Em leitura:

Síria: batalha decisiva em Aleppo

Tamanho do texto Aa Aa

A capital económica da Síria, Aleppo, é palco de violentos combates. O controlo da segunda cidade do país é decisivo para o conflito entre os rebeldes e as forças governamentais.

O Exército sírio bombardeou esta manhã vários bairros controlados pelos opositores, enquanto os insurgentes dizem dominar já metade da cidade.

O regime enviou reforços para Aleppo e prepara uma ofensiva “iminente”, segundo uma fonte dos serviços de segurança. A oposição síria diz que a batalha pela capital económica é crucial, depois de 16 meses de violência através do país.

O presidente do Observatório Sírio dos Direitos Humanos disse que, se Aleppo cair nas mãos dos rebeldes “é o fim do regime e ambos os adversários o sabem”.

Os combates têm sido particularmente intensos nos bairros de Jamailyah, Salaheddine e nos arredores da Universidade de Aleppo.

Em Damasco, o novo chefe dos observadores da ONU na Síria, disse que a missão “tem 27 dias [até à sua conclusão], por isso cada oportunidade será aproveitada para aliviar o sofrimento da população. É essa a principal preocupação”.

Da capital administrativa, chegavam também esta manhã relatos de violentos bombardeamentos no sul da cidade, nomeadamente junto ao campo de refugiados palestinianos de Yarmouk.

Segundo a oposição síria, há registo de pelo menos 143 mortos na quarta-feira, em todo o país.