Última hora

Última hora

Desportistas de elite e estudantes

Em leitura:

Desportistas de elite e estudantes

Tamanho do texto Aa Aa

França: Duplo desafio

Ysaora Thibus ficou emocionada ao ser escolhida para integrar a equipa de esgrima de França, a competir nos Jogos Olímpicos. Mas a atleta também quer terminar o terceiro ano do curso de Ciências Económicas na Sorbonne, reputada universidade de Paris.

Para concretizar os dois objetivos, a jovem guadalupenha escolheu o INSEP, Instituto Nacional de Desporto francês, único na combinação do êxito desportivo com o sucesso escolar, universitário ou profissional.

http://www.eurofencing.info/athletes/biography/ysaora-thibus/results
http://www.insep.fr/FR/activites/SFAE/PRESSFAE/Pages/default.aspx

http://www.escrime-ffe.fr/actualites/a-la-une/item/1071-ysaora-thibus-gagne-une-premiere-medaille-pour-la-france.html?pop=1&tmpl=component

http://es.wikipedia.org/wiki/Esgrima

http://fr.wikipedia.org/wiki/Fleuret

http://fr.wikipedia.org/wiki/Glossaire_de_l%27escrime

Afeganistão: Boxe e ensino

É no estádio Ghazi, em Cabul, precisamente onde os talibãs realizavam execuções públicas, que agora as mulheres afegãs exibem golpes de boxe.

A equipa nacional de boxe foi criada em 2007. 30 mulheres selecionadas preparam-se afincadamente para os Jogos Olímpicos. Shogufa Haidari, de 18 anos, conta como a educação continua a ser uma prioridade no dia-a-dia.

http://www.npr.org/2012/05/28/153870878/afghan-female-boxers-strike-a-blow-for-girl-power

http://www.guardian.co.uk/sport/2012/mar/11/sadaf-rahimi-afghanistan-woman-boxer

Cuba: Estudar para competir

As seleções cubanas de volleyball não se qualificaram para os Jogos Olímpicos de Londres. Uma deceção para a equipa feminina, que mesmo assim continua a esforçar-se, em campo e nas aulas, de forma a chegar ao mais alto nível.

Visitámos a escola desportiva “Mártires de Barbados”, a cerca de 20 quilómetros de Havana. É o maior centro de preparação de atletas cubanos. Todos os alunos têm como objetivo a competição de alto nível, mas têm de repartir metodicamente o tempo entre os estudos e os treinos. Passar a todas as disciplinas é um requisito indispensável para poder competir.