Última hora

Última hora

Síria: Partes em conflito preparam-se para batalha decisiva em Alepo

Em leitura:

Síria: Partes em conflito preparam-se para batalha decisiva em Alepo

Tamanho do texto Aa Aa

Na Síria unidades do exército regular apoiadas por artilharia pesada tomaram posições em vários bairros da cidade de Alepo, cidade que se tornou
fulcral no conflito que devasta o país.

Por seu lado os cerca de dois mil rebeldes que controlam o sul e o leste da cidade e os acessos ao aeroporto também reforçaram as suas posições com a chegada de entre 1500 e 2000 homens.

“Cercámo-los perto da mesquita e do quartel da polícia militar. Eram cerca de 300 e tinham tanques como aquele”, disse um rebelde apontando para um blindado destruído.

Um jornal ligado ao regime fala da proximidade da “batalha de todas as batalhas”.

Os Estados Unidos receiam um massacre iminente, mas abstêm-se de uma intervenção militar, conforme referiu a porta-voz do Departamento de Estado.

“A nossa preocupação é que poderemos ver um massacre em Alepo, que o regime parece estar a preparar. Na incapacidade de trabalharmos no quadro das Nações Unidas, temos de redobrar os esforços junto de países que pensem como nós, fora do âmbito da ONU”, disse Victoria Nuland.

Entretanto o campo de refugiados de Domiz no Curdistão iraquiano foi alargado para receber milhares de sírios curdos que procuram refúgio e Bagdad deslocou tanques para aquela região fronteiriça.